O MEDO DA VERDADE

O convicto delegado de polícia que decidiu e qualificou que a motivação do adolescente em atirar nos amigos de classe em Goiânia foi bullyng não é um idiota. Mas comete uma idiotice amparada pelo senso comum que é considerar a partir do depoimento do jovem que a causa foi bulling. De certa forma, e mesmo considerando o ato injustificável, ele transforma o jovem atirador e sua família em vítimas da fatalidade. O tiro fatal que atingiu o amigo nas costas, outro na cabeça e feriu quatro outros, tem um nexo causal tão fatídico quanto pertubável à nossa ordem. Como se o advento de um assassinato com essa natureza, semelhante aos que aconteceram nos EUA e em Realengo, excluindo os de natureza "pol

Por Trás do Blog
Publicações
Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black